Arquivos Mensais: Fevereiro 2012

OS LIVROS E O CINEMA

A adaptação de romances para o cinema não é um conceito original, pois desde os primórdios da sétima arte que se utiliza as obras literárias para produzir filmes. Considerando o caso português, em 1912, foi adaptada por João Tavares a obra de Camilo Castelo Branco, “Carlota Ângela”. Durante os anos vinte, a indústria do cinema em Portugal dedica-se principalmente à adaptação de clássicos literários, convidando realizadores estrangeiros para a … Continuar a ler

| Publicar um comentário

..esculpir o teu corpo no meu…

Quero esculpir o teu corpo no meu Debruado de amor Lágrimas e suor Empedernido de dor Rimas e ardor in “Palavras por Dizer”, José Guerra (2012) Brevemente disponível

| Etiquetas , | Publicar um comentário

Poemas brejeiros

Poemas à espera de música.  Aceito parcerias de bom grado, tenho as linhas das letras mas da música não sei uma pauta!

| Publicar um comentário

PARABÉNS! RUY BELO

          Ruy Belo nasceu em S. João da Ribeira, Rio Maior, no dia 27 de Fevereiro de 1933 e viveu até 8 de Agosto de 1978. Foi licenciado em Filologia Românica e em Direito pela Universidade de Lisboa. Doutorou-se em Direito Canónico na Universidade Gregoriana, em Roma, com uma tese intitulada “Ficção Literária e Censura Eclesiástica”. Foi director literário da … Continuar a ler

| Publicar um comentário

PARABÉNS! BAPTISTA BASTOS

    Baptista Bastos nasceu em Lisboa no dia 27 de Fevereiro de 1934. Frequentou a Escola António Arroio e o Liceu Charles Lepierre. Começou a trabalhar na redacção do jornal “O Século”. Foi subchefe de redacção de “O Século … Continuar a ler

| Publicar um comentário

PARABÉNS! RITA FERRO

        Rita Ferro nasceu em Lisboa a 26 de Fevereiro de 1955. Frequentou o “Instituto de Artes Visuais, Design Marketing”, onde estudou design de interiores. Como criativa de publicidade, viajou até ao Brasil, E.U.A., Reino Unido e … Continuar a ler

| Publicar um comentário

PARABÉNS! CESÁRIO VERDE

Cesário Verde nasceu em Lisboa no dia 25 de Fevereiro de 1855 e viveu até 1886. Frequentou durante poucos meses o Curso Superior de Letras da Universidade de Lisboa. Desistiu e foi trabalhar para uma loja de ferragens propriedade de … Continuar a ler

| Publicar um comentário