Aquivos por Autor: taniamarques241

Escolhas

Imagina que estás deitado na tua cama. Na mesinha de cabeceira tens um copo, transparente, cheio de água. Podes pegar-lhe e servir-te sempre que quiseres – basta estenderes o braço. Já conheces de cor o seu sabor… Do outro lado … Continuar a ler

| Publicar um comentário

“A Magda parou de baralhar, pousou o baralho em cima da mesa e, com a mão esquerda, partiu-o mais ou menos ao meio. Depois, mandou a Vera tirar três cartas, também com a mão esquerda, e colocá-las voltadas para baixo, … Continuar a ler

| Publicar um comentário

“São os loucos de Lisboa”

“Nascemos, vivemos, morremos…não necessariamente por esta ordem!”… O grande problema de muita gente é precisamente este; trocar a ordem natural das coisas, baralhar-nos… Falta sentido, ou deverei dizer significado, já que Saramago dizia que os dois não eram exactamente a … Continuar a ler

| Publicar um comentário

Era só para beber café

Sim, eu só queria beber café; com açucar, sempre; não muito – apenas meio pacote… Enfim, o pacotinho de açucar lá me aparece, amarelo, daqueles famosos da Nicola; não era daqueles que dizem que “Um dia…vou deixar de ler estas … Continuar a ler

| Publicar um comentário

Felicidade

“– Felicidade?! O que é isso? – Perguntei a certa altura. – Segundo Gandhi, – alvitrou a Carlota sabiamente, – felicidade, é quando o que pensamos, o que dizemos, e o que fazemos, estão em harmonia!” (in, Será que aqui … Continuar a ler

| 1 Comentário