Aquivos por Autor: José Eduardo Taveira

Sobre José Eduardo Taveira

Nasci no Porto. Trabalhei em diversas empresas nacionais e multinacionais, exercendo cargos directivos. Actualmente estou liberto de compromissos profissionais, usufruindo a liberdade de viver como gosto e quero. Publiquei três livros intitulados: "Juntos para Sempre","Histórias de Pessoas que Decidi Divulgar" e "Viagem ao Princípio da Vida". Os dois primeiros em Portugal e o último no Brasil.

VOLTAIRE – Tratado sobre a Tolerância

VOLTAIRE (Paris, França, 1694 – 1778) Escritor, filósofo *** Tratado sobre a Tolerância Os acontecimentos que levaram Voltaire a escrever o seu Tratado sobre a Tolerância poderiam ter passado quase despercebidos. Tratava-se de um abuso judicial de uma extrema crueldade, … Continuar a ler

| 1 Comentário

JOÃO VILLARET, ANTÓNIO BOTTO E FERNANDO PESSOA

JOÃO VILLARET (Lisboa, Portugal, 1913 – 1961) Actor, encenador, declamador *** ANTÓNIO BOTTO  (Abrantes, Portugal, 1897 – Rio de Janeiro, Brasil, 1959) Poeta, dramaturgo *** FERNANDO PESSOA (Lisboa, Portugal, 1888 -1935) Poeta, filósofo, dramaturgo, publicitário *** JOÃO VILLARET: “Eu era … Continuar a ler

| Publicar um comentário

STEPHEN CRANE – É boa a guerra

STEPHEN CRANE (EUA, 1871 – Alemanha, 1900) Poeta e jornalista *** Considerado o primeiro escritor norte-americano moderno, deixou uma obra literária de tal qualidade que foi distinguido como um dos principais escritores dos Estados Unidos no século XIX e o … Continuar a ler

| Publicar um comentário

MIGUEL TORGA – Aos poetas

MIGUEL TORGA (São Martinho de Anta, Portugal, 1907 – Coimbra, 1995) Poeta e escritor *** Aos Poetas Somos nós As humanas cigarras. Nós, Desde o tempo de Esopo conhecidos… Nós, Preguiçosos insectos perseguidos.   Somos nós os ridículos comparsas Da … Continuar a ler

| Publicar um comentário

CARTA DE VIRGÍNIA VICTORINO a JOÃO VILLARET

VIRGÍNIA VICTORINO (Alcobaça, Portugal, 1895 – 1967) Professora, poetisa e dramaturga                             ***    JOÃO VILLARET Lisboa, Portugal, 1913 – Lisboa, 1961) Actor, encenador, declamador     … Continuar a ler

| Publicar um comentário

ERNEST WIECHERT – ‘FLORESTA DOS MORTOS’ – O testemunho sobre o terror nazi

ERNEST WIECHERT (Alemanha, 1887 – Suíça, 1950) Escritor e professor *** Foi um dos escritores mais sensíveis, mais humanos e, sem dúvida, menos revolucionário da Alemanha. Conta, no seu livro Floresta dos Mortos, os horrores do campo de concentração antes … Continuar a ler

| 1 Comentário

ÂNGELO DE LIMA – A Meu Pai

ÂNGELO DE LIMA (Porto, Portugal, 1872 – Lisboa,1921) Poeta e pintor Foi colaborador da revista Orfheu. São notáveis alguns dos seus sonetos. Na sua obra há sinais precursores da escrita automática dos surrealistas. *** A Meu Pai (No Santo Dia dos … Continuar a ler

| Publicar um comentário

FERNANDO PESSOA – Carta a Ophélia Queiroz

FERNANDO PESSOA (Lisboa, Portugal, 1888 — 1935) Poeta, filósofo, dramaturgo, tradutor *** Carta a Ophélia Queiroz Terrível Bebé: Gosto das suas cartas, que são meiguinhas, e também gosto de si, que é meiguinha também. E é bombom, e é vespa, … Continuar a ler

| Publicar um comentário

ISAAC ASIMOV – Mas afinal, o que é inteligência?

ISAAC ASIMOV (Rússia, 1919 – EUA, 1992) Escritor e bioquímico Foi considerado um dos mais importantes escritores de ficção científica do século XX. A sua obra mais famosa é a série Fundação (Trilogia da Fundação), que faz parte da série … Continuar a ler

| Publicar um comentário

JORGE LUÍS BORGES – A Luís de Camões

JORGE LUÍS BORGES (Buenos Aires, Argentina, 1899 – Genebra, Suíça, 1986) Escritor, poeta, tradutor, crítico literário e ensaísta *** A Luís de Camões Sem lástima e sem ira o tempo vela As heróicas espadas. Pobre e triste Em tua pátria nostálgica … Continuar a ler

| Publicar um comentário