Aquivos por Autor: José Eduardo Taveira

Sobre José Eduardo Taveira

Nasci no Porto. Trabalhei em diversas empresas nacionais e multinacionais, exercendo cargos directivos. Actualmente estou liberto de compromissos profissionais, usufruindo a liberdade de viver como gosto e quero. Publiquei três livros intitulados: "Juntos para Sempre","Histórias de Pessoas que Decidi Divulgar" e "Viagem ao Princípio da Vida". Os dois primeiros em Portugal e o último no Brasil.

ERNEST WIECHERT – ‘FLORESTA DOS MORTOS’ – O testemunho sobre o terror nazi

ERNEST WIECHERT (Alemanha, 1887 – Suíça, 1950) Escritor e professor *** Foi um dos escritores mais sensíveis, mais humanos e, sem dúvida, menos revolucionário da Alemanha. Conta, no seu livro Floresta dos Mortos, os horrores do campo de concentração antes … Continuar a ler

| 1 Comentário

ÂNGELO DE LIMA – A Meu Pai

ÂNGELO DE LIMA (Porto, Portugal, 1872 – Lisboa,1921) Poeta e pintor Foi colaborador da revista Orfheu. São notáveis alguns dos seus sonetos. Na sua obra há sinais precursores da escrita automática dos surrealistas. *** A Meu Pai (No Santo Dia dos … Continuar a ler

| Publicar um comentário

FERNANDO PESSOA – Carta a Ophélia Queiroz

FERNANDO PESSOA (Lisboa, Portugal, 1888 — 1935) Poeta, filósofo, dramaturgo, tradutor *** Carta a Ophélia Queiroz Terrível Bebé: Gosto das suas cartas, que são meiguinhas, e também gosto de si, que é meiguinha também. E é bombom, e é vespa, … Continuar a ler

| Publicar um comentário

ISAAC ASIMOV – Mas afinal, o que é inteligência?

ISAAC ASIMOV (Rússia, 1919 – EUA, 1992) Escritor e bioquímico Foi considerado um dos mais importantes escritores de ficção científica do século XX. A sua obra mais famosa é a série Fundação (Trilogia da Fundação), que faz parte da série … Continuar a ler

| Publicar um comentário

JORGE LUÍS BORGES – A Luís de Camões

JORGE LUÍS BORGES (Buenos Aires, Argentina, 1899 – Genebra, Suíça, 1986) Escritor, poeta, tradutor, crítico literário e ensaísta *** A Luís de Camões Sem lástima e sem ira o tempo vela As heróicas espadas. Pobre e triste Em tua pátria nostálgica … Continuar a ler

| Publicar um comentário

ANTÓNIO SÉRGIO – Pensador e político

ANTÓNIO SÉRGIO (Damão, Índia, 1883 – Lisboa, Portugal, 1969) Pensador, pedagogo e político português Foi dos pensadores mais marcantes do Portugal contemporâneo, com uma vasta obra que se estende da teoria do conhecimento, à filosofia política e à filosofia da … Continuar a ler

| Publicar um comentário

CECÍLIA MEIRELES – A avó do menino

CECÍLIA MEIRELES (Rio de Janeiro, Brasil, 1901 – 1964) Poetisa, pintora e professora *** A avó do menino A avó vive só. Na casa da avó o galo liró faz “cocorocó!” A avó bate pão-de-ló E anda um vento-t-o-tó Na … Continuar a ler

| Publicar um comentário