Arquivos Mensais: Agosto 2012

Blogue – José Guerra

José Guerra – Trovador dos Mares Um blogue de Poesia e Prosa Poética, com novidades editoriais

| 1 Comentário

PARABÉNS, ANTÓNIO LOBO ANTUNES !

António Lobo Antunes nasceu em Lisboa no dia 1 de Setembro de 1942. É escritor e psiquiatra. Nesta homenagem no dia do seu aniversário, o poema:   A GRIPE E OS HOMENS…   Pachos na testa, terço na mão, Uma … Continuar a ler

| Publicar um comentário

As desventuras da teimosia ortográfica – Crónicas da Brilha

  Tenho resistido, não sem algum pudor pessoal, a escrever como mandam as modas. Sou um bicho de rotinas, defendo-me, e não concebo que, de uma penada, se mude a língua por decreto, tornando o certo em errado, o académico … Continuar a ler

Nota | Publicado em por | Publicar um comentário

De Braços Levantados – Um livro colaborativo

De Braços Levantados é um livro colaborativo, um projecto a decorrer no momento em que cada escritor cria um capítulo a continuar a estória que outros começaram. Estão escritos até agora 11 capítulos e os últimos têm claramente elevado a … Continuar a ler

| Publicar um comentário

O TRIUNFO DOS IMBECIS

“Não nos deve surpreender que, a maior parte das vezes, os imbecis triunfem mais no mundo do que os grandes talentos. Enquanto estes têm por vezes de lutar contra si próprios e, como se isso não bastasse, contra todos os medíocres que detestam toda e qualquer forma de superioridade, o imbecil, onde quer que vá, encontra-se entre os seus pares, entre companheiros e irmãos e é, por espírito de … Continuar a ler

| 2 Comentários

Até que a luz se apague…

| 1 Comentário

PARABÉNS, MARIA ALBERTA MENÉRES

Maria Alberta Menéres nasceu em Vila Nova de Gaia no dia 25 de Agosto de 1930. Escritora, poetisa, jornalista, professora e tradutora. Nesta homenagem no dia do seu aniversário, o poema:                     AS PEDRAS  As pedras falam? pois falam mas não à nossa maneira, que todas as coisas sabem uma história que … Continuar a ler

| 2 Comentários

Dois Poemas de José Guerra na voz de Joaquim Sustelo

| 1 Comentário

O RISO É O MELHOR INDICADOR DA ALMA

“Acho que, na maioria dos casos, quando uma pessoa se ri torna-se nojento olharmos para ela. Manifesta-se no riso das pessoas, na maioria das vezes, qualquer coisa de grosseiro que humilha a quem ri, embora essa pessoa quase nunca saiba … Continuar a ler

| 2 Comentários

PARABÉNS, ANTÓNIO BOTTO!

António Botto nasceu em Concavada, Abrantes, no dia 17 de Agosto de 1897 e viveu até 17 de Março de 1959. Foi poeta, ficcionista e autor dramático, figura de referência do modernismo português. Nesta homenagem no dia do seu aniversário, o poema: À memória de   Fernando Pessoa Se eu pudesse fazer com que   viesses … Continuar a ler

| Publicar um comentário