Arquivos Mensais: Julho 2012

«Terras de São Cosme» (IX)

9.º CAPÍTULO Escusado será dizer que, quando me viu sangrando da cabeça, e após as explicações simpa­ticamente prestadas pelo pastor que me acompa­nhara (chamava-se ele Duarte dos Santos, mais conhecido por Tio Duarte da Fonte, vim depois a saber), meu … Continuar a ler

| Publicar um comentário

PARABÉNS, AUGUSTO GIL !

Augusto Gil nasceu em Lordelo do Ouro, no dia 31 de Julho de 1873 e viveu até 26 de Fevereiro de 1929. Nesta homenagem no dia do seu aniversário, o poema: BALADA DE NEVE     Batem leve, levemente, como quem chama por mim. Será chuva? Será gente? Gente não é, certamente e a chuva não bate … Continuar a ler

| Publicar um comentário

Extraído do conto: A Pátria dos Abrunhos (contos polémicos vol.1)

  PARA NÃO DIZEREM QUE SÓ FALO DE TRISTEZAS, AQUI VAI UM PEDAÇO DE CONTO NUMA LINGUAGEM ESTRANHA… Mas voltemos à diáspora, ao regresso, às boas novas, às más novas. Naquela manhã de lusco-fuscos comprometedores, os vigias, a mando do … Continuar a ler

| 4 Comentários

A Deusa vanir ( de Danilo Pereira )

Ilustração da Deusa vanir Freya, com seus traços graciosos, representando a magia nórdica. É a Deusa que guia Wolfgang em sua aventura pela devastada terra média, que o espera sempre no altar das almas, lugar sagrado onde almas pecadoras são … Continuar a ler

| Publicar um comentário

ALBINO LUCIANI – “CARTA A JESUS” – 2ª e última parte

Diante deste espectáculo de gente que acorre a um cruxificado desde há tantos séculos e de todas as partes do mundo, surge a pergunta: Trata-se só de um homem grande e benéfico ou de um Deus? Tu mesmo deste a resposta, e quem tiver os olhos não vedados por preconceitos e ávidos de luz aceita-a. Quando Pedro proclamou: “ Tu és Cristo o Filho de Deus vivo”, … Continuar a ler

| Publicar um comentário

” A Paixão que Veio do Frio “

Autor: José Guerra http://www.sitiodolivro.pt/pt/livro/a-paixao-que-veio-do-frio/9789892026640/    

| Publicar um comentário

ALBINO LUCIANI – “Carta a Jesus” – 1ª Parte

Caro Jesus Fui criticado. “É bispo, é cardeal – disseram – fartou-se de escrever cartas em todas as direcções: a M. Twain, a Péguy, a Casella, a Penélope, a Dickens, a Marlowe, a Goldoni e nem se sabe a quantos … Continuar a ler

| 2 Comentários