Arquivos Mensais: Junho 2014

Traz um amigo também

Feira do Livro Encontrar amigos, novos e velhos, trocar impressões sobre literatura, a vida, tudo isto e muito mais bebemos perto dos livros. Aqui, com o Bruno Vieira Amaral e o Grupo de Leitores da Biblioteca de Oeiras. Na assistência, … Continuar a ler

Imagem | Publicado em por | Etiquetas | Publicar um comentário

FEIRA DO LIVRO 2014

Ontem, último dia da Feira do Livro de Lisboa, com temperaturas escaldantes de verão, estive lá, para uma sessão de autógrafos da minha “Pérola de Água”, com ilustrações lindíssimas da minha filha, Cátia Palmeiro. Foi ótimo! Estive com amigos grandes … Continuar a ler

Publicado em Novidades, lançamentos | Publicar um comentário

Convite – Feira do Livro de Lisboa

Dia 14, último sábado da Feira do Livro de Lisboa, estarei presente no estande do Sítio do Livro, Pavilhão dos Pequenos Editores, entre as 16 e as 17 horas. O meu livro – cuja versão em inglês foi premiada no 2013 Hollywood … Continuar a ler

Publicado em Notícias, eventos, Novidades, lançamentos, Opiniões, testemunhos | Etiquetas , , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

 Seguir    Estou sonambulamente voando e os meus pensamentos desmoronam e caem. Estão debilitados, fragmentados e insensíveis. É uma hora e momento mal, sem cor e sem fantasia. Sinto-me nua. Esforço-me para sair da inércia.  Faço um longo e exaustivo … Continuar a ler

| Etiquetas , , | Publicar um comentário

O Futuro requer mentes abertas

http://www.materiaincognita.com.br/universidade-combate-cola-nas-provas-com-o-uso-de-antolhos/#axzz31upIakci “Como o Futuro é incerto então o Presente devia ser a aplicação de um Futuro analisado e raciocinado com antecedência. Vejamos o que se está a passar com as questões das alterações climáticas. Muitos ainda estão a debater se … Continuar a ler

| Etiquetas , , , | Publicar um comentário

Um novo poema: «Nada mais»

Apondo termo à série de poemas que temos vindo a publicar, todos subordinados à mesma temática, aqui se deixa, hoje, o último deles:   «NADA MAIS»   Por ti, meu coração sangrou, Minha vista de lágrimas se cobriu, Tão logo … Continuar a ler

| Publicar um comentário