AS REDACÇÕES DO CARADANJO

Recomendação: se tiverem dificuldade em decifrar, insistam; leiam em voz alta. Verão que se compreende bem. Bem até de mais.

fúi fazêr izâme i julgáva k tínha dscubérto típo a ssulussão prâ levár cábulas ssêin ús prófes tupárein. éra têr túdo iskríto núm lênsso dassuár bué de ranhôuzo. i prâ nãu avêr ssúspêitas inda me açuáva ó lênsso típo côun bué de baskêiro. o prubelêma fôi típo k o rânho diçólve a tínta. i cuândo têntêi lêr as cábulas akílo já nãu çaperssebía náda. mén. ísto tá cada vês máix lichádo. prús vístos prâ un gáijo cupiár nús izâmes çó típo se ãndár a istudár prâ juís.

NOTA: «Caradanjo» é uma personagem criada por mim, há já alguns anos, num blogue colectivo. Ei-lo que regressa, verruminoso como antes. 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Opiniões, testemunhos com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s