Arquivos Diários: 16/06/2011

O milagre de Eir – contos do guerreiro nórdico ( de Danilo Pereira )

Quando o mar se agitou naquela manhã e as ondas que provinham dele trouxeram para as encostas do reino de Midgard uma bela jovem de orelhas pontiagudas, o nórdico se encantou com tamanha formosura. Seus olhos brilharam, pareciam nunca terem … Continuar a ler

| Publicar um comentário

Na intimidade de um poema….

Na intimidade de um poema escrevo-te no corpo a palavra amor, dispo-te no olhar, no teu intimo me sabe, percorro-te sem pudor, só assim te sei amar… José Guerra (2011)

| 2 Comentários