Arquivos Mensais: Julho 2011

“São os loucos de Lisboa”

“Nascemos, vivemos, morremos…não necessariamente por esta ordem!”… O grande problema de muita gente é precisamente este; trocar a ordem natural das coisas, baralhar-nos… Falta sentido, ou deverei dizer significado, já que Saramago dizia que os dois não eram exactamente a … Continuar a ler

| Publicar um comentário

Fadas – mitologia nórdica ( de Danilo Pereira )

As fadas, são seres mitológicos que encantam o mundo nórdico com suas magias e encantamentos. Elas são graciosas e vivem no coração das florestas sobre os galhos dos Ents ( árvores sábias ) onde socorrem viajantes extraviados ajudando-os a encontrar … Continuar a ler

| Publicar um comentário

A neblina…

A neblina que hoje se acordou, calada e triste, era de uma manhã que não se quisera nascer….. José Guerra (2011)

| Publicar um comentário

Notas de imprensa

| Publicar um comentário

Entreguei-me a ti…

Entreguei-me a ti, assim desamparado, no desnorte, sem te perguntar quem eras, como da noite se fez dia, como da lua se beija a sorte… José Guerra (2011)

| Publicar um comentário

A grande serpente nórdica ( de Danilo Pereira )

Ilustração de Wolfgang enfrentando Jormungand, a grande serpente nórdica que o encontrou quando ele se aventurava pelas perigosas cavernas de Midgard. Será que ele a venceu? Certamente, pois a fé e a coragem de um nórdico sempre triunfam!

| Publicar um comentário

Era só para beber café

Sim, eu só queria beber café; com açucar, sempre; não muito – apenas meio pacote… Enfim, o pacotinho de açucar lá me aparece, amarelo, daqueles famosos da Nicola; não era daqueles que dizem que “Um dia…vou deixar de ler estas … Continuar a ler

| Publicar um comentário

As tuas lágrimas….

“As tuas lágrimas acabaram de me escorrer na cara num poema que os teus olhos me disseram, vida em mim que te dou, para sempre em ti o meu coração ficou…” in ” Pura Inspiração”, José Guerra (2011)  (clicar)

| Publicar um comentário

Guerreira de gelo ( de Danilo Pereira )

Diz a lenda, que nas montanhas geladas do norte, os bárbaros e os nórdicos, pouco se aventuram, pois as guerreiras de gelo, surgem em meio à tempestade para enfeitiça-los e levá-los à morte. Elas são belas, graciosas e são facilmente … Continuar a ler

| Publicar um comentário

Felicidade

“– Felicidade?! O que é isso? – Perguntei a certa altura. – Segundo Gandhi, – alvitrou a Carlota sabiamente, – felicidade, é quando o que pensamos, o que dizemos, e o que fazemos, estão em harmonia!” (in, Será que aqui … Continuar a ler

| 1 Comentário