Arquivos Mensais: Agosto 2011

Um dia apaixonei-me…

“…um dia apaixonei-me pelo teu olhar lânguido e doce, te fiz mulher no regaço, bebi-te nos sentimentos derramados por um abraço suado…conheço-me na tua porosidade etérea…deixei-me ir até ao fim e em ti fiquei, porque sabia que o tempo era … Continuar a ler

| 1 Comentário

O senhor das almas ( de Danilo Pereira )

O senhor das almas é um traidor, usurpador do trono do rei Wolfric, que foi condenado a viver entre os mortos onde ficou conhecido como ” o senhor de todas as almas “. A sua vida miserável e as suas … Continuar a ler

| Publicar um comentário

A Paixão que Veio do Frio

“…os corpos entrelaçaram-se como se fossem um só. Simplesmente o tempo parou naquele final de tarde. Aquele beijo acabara de selar uma cumplicidade nunca vista…” – excerto de um dos capítulos do meu primeiro romance a ser lançado em breve … Continuar a ler

| Publicar um comentário

Se uma gota se bebesse…

“Se uma gota se bebesse de sede da tua boca, seriam beijos de Outono que o verão nos fez amar” José Guerra (2011)

| Publicar um comentário

Guerreiras da fé ( de Danilo Pereira )

Desde pequena, uma guerreira nórdica aprende que a fé, é o principal aliado em uma batalha. Aos quinze anos de idade, as nórdicas usam uma folha de lorien sobre o peito em devoção à Deusa Eir, que as protege com … Continuar a ler

| Publicar um comentário

Crónicas da Brilha

  A estrada estende-se à nossa frente como um tapete interminável que se vai desenrolando. Anuncia-se já o cansaço próximo da chegada. Do topo da Ermida vê-se o recortado da serra e a profundidade do vale, verde e cinza forte. … Continuar a ler

Nota | Publicado em por | Publicar um comentário

o guerreiro nórdico ( de Danilo Pereira )

Somente o silêncio pairava sobre as geladas ruínas de Golam. Os gigantes de gelo tinha, sucumbido diante daquele fogo vindo do céu e o grito de vitória dos bárbaros ecoou do alto das montanhas. Restavam poucos deles, não mais do … Continuar a ler

| Publicar um comentário

…quanto os meus olhos por choram…

“Se soubesses amor quanto os meus olhos por ti choram, que das lágrimas se faria noite, como de chuva o céu se tolda…por tantas saudades sentir das estrelas que partiram…” José Guerra (2011)

| Publicar um comentário

O Que é “Nada Mais e o Ciúme”?

«A  história inicia-se com o narrador a descrever como inusitadamente um irmão assiste à morte da irmã ainda criança, e o sentimento de culpa dos envolvidos directa e indirectamente. Várias histórias se cruzam desde o divórcio dos pais, passando por … Continuar a ler

Publicado em Opiniões, testemunhos | Publicar um comentário

Meu Querido Homem-Bala [um conto infantil]

Eu nasci numa terra chamada Inhambane. (Podem procurar: existe mesmo). Naquele tempo, em Inhambane, não havia quase nada para um miúdo se divertir. Poucas lojas, mas nem pensar em centros comerciais. Nada de Oeiras Parques ou Cascais Shoppings. Havia um … Continuar a ler

Publicado em Opiniões, testemunhos | Publicar um comentário