Arquivos Diários: 08/08/2011

aforismos patéticos

Tento varrer as folhas do quintal. Reúno-as num monte: o vento espalha-as e lança, contra mim, outras folhas mais; recomeço o meu trabalho, mas o vento recomeça o seu… Retomando o mito de Sísifo, esta é a imagem certeira do … Continuar a ler

Publicado em Opiniões, testemunhos | Publicar um comentário

Crónicas da Brilha – “E porque não ir ao teatro?”

Há alturas em que apetece desligar todos os aparelhinhos que nos consomem a atenção e nos fazem ver a vida a duas dimensões. Apetece-nos cor, sentimentos à flor da pele, viver ou reviver histórias de agora, histórias de outros tempos, … Continuar a ler

Nota | Publicado em por | Publicar um comentário

…uma aguarela sem nome…

Pinto-te de uma aguarela sem nome, de uma cor sem sabor, mas que a saudade me sabe, nos teus beijos aveludados os meus lábios se descansam, amar-te é pouco quando te percorro nos dedos tímidos como os salpicos de mar … Continuar a ler

| Publicar um comentário

O guerreiro nórdico – trecho da obra ( de Danilo Pereira )

O Colosso do Mar Era de manhã quando o mar se revoltou contra o navio viking. O agitar das águas fez com que Eric, o capitão do Vormoc, entrasse em pânico. Os seus homens,guerreiros e nómadas cansados de navegar, remavam … Continuar a ler

| Publicar um comentário