Arquivos Mensais: Julho 2011

Sou apenas uma quimera que não se quisera….

Sou apenas uma quimera que não se quisera, que na sombra se finara, porque sem amor ficara…oh! triste destino que te sofres de amar…apenas os poemas te tenho para chorar…. José Guerra (2011)

Publicar um comentário

Plantei-te um sonho na palavra amor….

Plantei-te um sonho na palavra amor, selado num beijo que me disseste por entre murmúrios de paixão que o silêncio devorava….oh! saudade que o teu suor me sabe e na boca te sinto… José Guerra (2011)

Publicar um comentário

A benção do guerreiro ( de Danilo Pereira )

A quem adquiriu a obra, Wolfgang: o guerreiro nórdico, os cumprimentos do aesir. Que Freya os abençoe!

Publicar um comentário

UM CRIMINOSO COM UM JOELHO MUITO MAU [III]

Tratava-se, então, de proceder como? O senhor X tinha uma hora de absoluta solidão para agir: levantaria a tampa da caixa infernal em que o fechavam e, mesmo em cuecas (porque ninguém o veria nessa figura: o bairro era praticamente … Continuar a ler

Publicar um comentário

Gram ( de Danilo Pereira )

Gram é uma lendária espada nórdica que fora usada no passado pelo herói Siegfried para matar o dragão Fafnir. A espada se tornou tão cobiçada, que os guerreiros nórdicos vivem atrás dela, pois dizem que quem a usa, se torna poderoso e muito sábio. … Continuar a ler

Publicar um comentário

Dia Mundial do amigo…..

Dia Mundial do amigo….. Um amigo, um abrigo, um ombro que preciso, um refúgio para onde me dirijo sem te perguntar porque preciso, talvez no choro, talvez no riso, estás ali sempre que preciso….. José Guerra (2011)

1 Comentário

Rita Lacerda e os seus 2 livrinhos

Tempo de Férias…HUMMM  MARAVILHA… Que tal aproveitar para ler e oferecer estes pequenos livrinhos, com MENSAGENS GRANDES. Encontram-se à venda na Livraria online  http://www.sitiodolivro.pt e também na Livraria Barata Av. de Roma 11 Lx Leia, divulgue e escreva a sua … Continuar a ler

Publicar um comentário

Dispo-te do preto cetim que te beija o corpo…

Dispo-te do preto cetim que te beija o corpo Toco-te a medo aspergindo rosa perfume Sentes o desejo que te invade o corpo Entro em ti como labaredas de lume José Guerra (2011)

Publicar um comentário

Desabafos entre Histórias.

Visitem o meu blog http://www.desabafosentrehistorias.blogspot.com 😀

Publicar um comentário

UM CRIMINOSO COM UM JOELHO MUITO MAU [II]

Para quem quer que olhasse para o crime de fora, se realmente o viesse a cometer, dificilmente o senhor X cairia na lista dos suspeitos. De que móbil o acusariam? Dona X não possuía nenhum pecúlio à parte, de que … Continuar a ler

Publicar um comentário