Arquivos Diários: 31/07/2012

«Terras de São Cosme» (IX)

9.º CAPÍTULO Escusado será dizer que, quando me viu sangrando da cabeça, e após as explicações simpa­ticamente prestadas pelo pastor que me acompa­nhara (chamava-se ele Duarte dos Santos, mais conhecido por Tio Duarte da Fonte, vim depois a saber), meu … Continuar a ler

| Publicar um comentário

PARABÉNS, AUGUSTO GIL !

Augusto Gil nasceu em Lordelo do Ouro, no dia 31 de Julho de 1873 e viveu até 26 de Fevereiro de 1929. Nesta homenagem no dia do seu aniversário, o poema: BALADA DE NEVE     Batem leve, levemente, como quem chama por mim. Será chuva? Será gente? Gente não é, certamente e a chuva não bate … Continuar a ler

| Publicar um comentário