Arquivos Diários: 10/02/2012

De um poema se faz a noite…

De um poema se faz a noite Ao perto vejo o silêncio Que nos teus lábios me lembrou Queria ser ontem E pintar memórias de tempo De beijos teus Debruados de amor Em versos meus José Guerra (2012)

| 2 Comentários