Arquivos Diários: 08/11/2011

Acordei-me em ti…

Hoje acordei-me em ti Sem me importar se o tempo existe De veludo os beijos te senti Mãos cegas te tocaram mudas Boca que se beija em arpejo Assim como num simples desejo José Guerra (2011)

| Publicar um comentário