Arquivos Mensais: Maio 2012

Livro — Retalhos da Vida de Uma Mulher

No domingo dia 20, foi o lançamento do meu 1º livro “Retalhos da Vida de uma Mulher” em Silvalde, Espinho. Uma história de encontros e desencontros. Uma história onde a coragem, a determinação e o perdão foram sendo (re)construídos numa … Continuar a ler

Publicar um comentário

PARABÉNS, MARIA TERESA HORTA.

Maria Teresa Horta nasceu em Lisboa no dia 20 de Maio de 1937. Estudou na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Ficcionista, dramaturga, poetisa e jornalista de profissão, Teresa Horta colaborou em diversos jornais e revistas, tais como: “Diário … Continuar a ler

Publicar um comentário

A Terra e o ambiente em Pagwagaya

A acção continuada da Humanidade tem seguido sempre no sentido de prejudicar o meio ambiente ou de o moldar aos seus interesses imediatos. Mas até o interesse imediato é por norma prejudicial, ainda que não intencional, ao interesse da própria … Continuar a ler

Etiquetas , , , | Publicar um comentário

PARABÉNS, MÁRIO DE SÁ-CARNEIRO.

      Mário de Sá-Carneiro nasceu em Lisboa no dia 19 de Maio de 1890 e decidiu separar-se da vida no dia 26 de Abril de 1916, em Paris. Foi poeta e ficcionista, um dos nomes mais relevantes do … Continuar a ler

Publicar um comentário

Desabafos

Numa mesa de café partilham-se histórias esquecidas no tempo. Partilham-se estados de alma, devaneios e incertezas. Esquecemos a nossa identidade, mascaramos os nossos rostos… Fingimos estar sem estar, fingimos ver sem ver, fingimos ouvir sem ouvir e logo regressámos… com … Continuar a ler

Publicar um comentário

    Deram ao Homem o engenho de poder fabricar uma faca e ele aprendeu a cozinhar e a caçar. Certo é, porém, que parte deles aprendeu também, não se sabe por que artes, a usar esses utensílios contra os … Continuar a ler

Publicado em por Intermitências da escrita | Publicar um comentário

Bebi-te num rio…

Bebi-te num rio numa manhã de degelo Tateavas a pedra polida Como se tivesses lábios de desejo Percorrias as entranhas nos fiordes Num frenesim sensual Derretias os prados fumegantes Mitigavas-me o anseio ardente Nos teus lábios quentes Mordias o verde … Continuar a ler

Etiquetas , | Publicar um comentário

“NOITES CAMONIANAS”

“Noites Camonianas” é uma das histórias contadas por Beatriz Costa no seu livro “Sem Papas na Língua”, publicado em 1974, com prefácio de Jorge Amado. Actriz de revista e de cinema, nascida na Charneca do Milharado, perto de Mafra, teve … Continuar a ler Continuar a ler

Publicar um comentário

Novo Livro Pagwagaya – Apresentação

Este é o primeiro post que deveria fazer sobre este livro. Acaba por vir em segundo. Pagwagaya é o meu novo livro, desta vez acontece no futuro do séc. XXVII. Não é contudo ficção científica. Baseia-se na premissa de haver … Continuar a ler

Etiquetas , , , | Publicar um comentário

PARABÉNS, MARIA DO SAMEIRO BARROSO !

Maria do Sameiro Barroso nasceu em Braga no dia 12 de Maio de 1951. É licenciada em Filologia Germânica pela Faculdade de Letras e em Medicina e Cirurgia pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa. É médica especialista em … Continuar a ler

2 Comentários