“JUNTOS PARA SEMPRE” – (5)

Maria está cada vez mais triste. Pergunta-se como conseguirá ânimo para continuar a resistir àquela clausura. Na sua cabeça passam ideias, que ela tenta repelir para não cometer erros que lhe provoquem problemas com as freiras.

O transformar-se em mulher, alertou-a para não sabe bem o quê. Talvez para reflectir, olhar para si mesma, possuidora de uma consciência precocemente amadurecida.

Maria não fala habitualmente com ninguém, excepto com a Laurinda, quatro anos mais velha. Dormem em camas próximas e tomam as refeições sentadas em frente uma da outra. Não será talvez uma grande amizade, mas há empatia entre ambas. Maria não esquece a sua ajuda naquela circunstância complicada e ser-lhe-á eternamente grata por isso.

A relação com as outras raparigas é difícil, porque mostram entre si uma desconfiança e inveja incompreensíveis, talvez devido à atmosfera de hostilidade provocada pelas freiras.

Inveja de quem e de quê? Todas têm as mesmas origens e não possuem nada de seu. Ou será por isso mesmo?

(Continua)

José Eduardo Taveira

 

Anúncios

Sobre José Eduardo Taveira

Nasci no Porto. Trabalhei em diversas empresas nacionais e multinacionais, exercendo cargos directivos. Actualmente estou liberto de compromissos profissionais, usufruindo a liberdade de viver como gosto e quero. Publiquei três livros intitulados: "Juntos para Sempre","Histórias de Pessoas que Decidi Divulgar" e "Viagem ao Princípio da Vida". Os dois primeiros em Portugal e o último no Brasil.
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s