Arquivos Diários: 13/01/2012

Retirado de um velho conto encontrado no sótão

QUEM É O CRIMINOSO? (UM CONTO INSÓLITO SOBRE O FANTÁSTICO) (…) O que saiu daquelas bocas foi um absurdo e um espanto de embasbacar, e por mais que o chefe da polícia, mais o gerente que assistia ao inquérito, procurassem … Continuar a ler

| Publicar um comentário

“NÃO DÁ PARA ACREDITAR” (3ª PARTE)

          “NÃO DÁ PARA ACREDITAR” (3ª PARTE) Na sequência dos dois artigos anteriores sobre o encerramento da Livraria Camões no Rio de Janeiro, transcrevo algumas das declarações e desabafos do poeta José Estrela: – “José Sarney, quando era Presidente (1985-1989), … Continuar a ler

| 2 Comentários