Lágrimas de uma donzela ( de Danilo Pereira )

Dentro de um templo sagrado em Jotunheim ( lar dos gigantes ) é guardada a Cry maiden, uma entidade na qual é um mistério. Segundo os pergaminhos de Oath, essa bela donzela pode ser uma das três nornas que libertará seu poder no dia do juízo final.

Oath, a descreve como um ser belo e triste, que derrama suas lágrimas em demasia sobre a terra dos gigantes, fazendo-os crescer e se desenvolver. Seu choro é constante e nunca cessa, criando assim um mar de lamúria e tristeza sem fim. Há quem diga, que seus olhos se mantém sempre fechados e que se um dia forem abertos, a terra média temerá seu olhar.

A Cry maiden, vive entrelaçada à fortes correntes forjadas pelos anões, que a prenderam junto a um feixe de Yggdrasil, a árvore da vida, que lhe da forças  e a mantém viva. Há também, outras lendas envolvendo heróis lendários como Siegfried e Beowulf, que juram ter caminhado pelo rio da lamúria e que a donzela sorriu para eles.

Para os Deuses do panteão nórdico, a Cry maiden é uma entidade vanir ( seres ligados à magia) e que a folha de lorien que ela carrega no peito, pode significar o inicio de um novo ciclo, de um novo mundo, que talvez poderá ser construído através de um novo herói nórdico.

 

Cry maiden é personagem criado por Danilo Pereira, autor da obra, Wolfgang, o guerreiro nórdico.

Anúncios

Sobre danarts

Sou escritor e ilustrador, quero levar minha experiencia de escrever e desenhar para todos os amantes de artes e escrita.
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s