A Paixão que Veio do Frio

Olá a todos,

É com grande satisfação e orgulho que vos anuncio que está em curso o meu 1º romance a lançar mais para o final do ano, intitulado, ” A Paixão que Veio do Frio”. Este romance desenrola-se no Sec. XVIII e tem como pano de fundo um enredo amoroso bem ao estilo da época em que este sentimento era vivenciado com glamour, popa e circunstância, talvez uma utopia nos dias de hoje. É um romance no qual estou a investir bastante quer do ponto de vista das pesquisas quer do ponto de vista pessoal e da satisfação que sinto ao escrever, para além da poesia que vai continuar a brotar como da água que preciso para a minha sede.

Fica aqui uma pequena introdução do 1º Capitulo……”O sol hoje acordou gélido e seco, dobrado pelo frio da madrugada agreste e opaca, vento cortante que beija a face dos incautos, enrugados nas parcas vestes que o rigor do Inverno ignora. Madrugada submersa na neblina densa, húmida, silenciosa, quase discreta, não fosse o gotejar que teimava em cair na laje cinzenta e rude do alpendre…”

Oportunamente darei mais notícias….desde já o meu obrigado pela vossa atenção!

José Guerra

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Uma resposta a A Paixão que Veio do Frio

  1. Fernando diz:

    Muito poético. É pena não ter o vício da leitura, no que diz respeito a romances. Leio sim livros técnicos. Penso que de vez em quando faz bem ler uns romances. Talvez o próximo seja o seu livro.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.