SARAH BERNHARDT – “A Divina Sarah”

SARA BERNARD

Sarah Bernhardt, nasceu em Paris, França. (1844-1923)

Considerada uma das mais famosas actrizes da história do teatro, foi também pintora, escultora, escritora e mulher de negócios.

Ao longo da sua carreira, interpretou muitos papéis clássicos, tais como: Marguerite Gautier, em “La Dame aux Camélias”, de Alexandre Dumas, filho; Cordélia, no “Rei Lear”, de Shakespeare; trovador Zanettto, na peça “La Passant”, de François Coppée; Aricie, em “Phèdre”, de Racine; Jeanne D´Arc, em “Jeanne D´Arc”, de Jules Barbier; Hamlet em “Hamlet”, de Shakespeare.

O dramaturgo Victorien Sardou escreveu, propositadamente para a actriz, as peças: “Fedora”, “Théodora”, “La Tosca” e “Cléopâtre”.

Sarah Bernhardt foi a primeira actriz-empresária do mundo do espectáculo. Em 1899, alugou, por 25 anos, o enorme “Theâtre des Nations”, em França, onde actuaria, exclusivamente, durante os últimos 24 anos de sua vida.

Em 1907 publicou a autobiografia, intitulada: “Ma double vie”.

Em 1914 foi condecorada, pelo governo francês, com a “Légion d´Honneur.”

No final do século XX, recebeu uma estrela na “Calçada da Fama”, em Hollywood.

Mark Twain, escritor americano, escreveu: “Há cinco classes de actrizes: as boas, as más, as regulares, as grandes actrizes e … Sarah Bernhardt.”

Um excerto do seu livro: “L´Art du Théâtre”, publicado em 1924:

“Os moralistas, e em particular os moralistas religiosos, cobrem de vergonha os actores em geral, e consideram o teatro lugar de perdição.

Assim, na maioria das cidades da América em que tenho feito representações no decurso da minha “tournée”, os bispos lançam, “ex cathedra”, raios destinados a reduzirem a cinzas os meus camaradas e a mim mesmo.

A respeito de um sermão semelhante, o meu “manager”, o senhor Henry Abbey”, escreveu ao bispo a seguinte carta:

– “Monsenhor, quando venho à sua cidade costumo gastar em publicidade quatrocentos dólares. Mas como desta vez a fez por mim, envio-lhe duzentos dólares para os seus pobres.” Henry Abbey

Anúncios

Sobre José Eduardo Taveira

Nasci no Porto. Trabalhei em diversas empresas nacionais e multinacionais, exercendo cargos directivos. Actualmente estou liberto de compromissos profissionais, usufruindo a liberdade de viver como gosto e quero. Publiquei três livros intitulados: "Juntos para Sempre","Histórias de Pessoas que Decidi Divulgar" e "Viagem ao Princípio da Vida". Os dois primeiros em Portugal e o último no Brasil.
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s