Chuva Miudinha

Uma amiga partiu o pé no dia da apresentação do meu livro “Chuva Miudinha”.

Deixo aqui o poema que lhe escrevi:

 

“Foi num dia de chuva miudinha que te aconteceu,

Ias ter comigo, num dia tão especial,

Com expectativa te aguardava,

Era com alegria que te esperava,

Mas o teu andar não me pareceu natural,

 

 

Era o dia da minha apresentação,

Coincidência divina, chuva miudinha era o que caia,

Chuva miudinha que te fez cair,

Oh minha boneca caída no chão,

Parecia destino e culpa do meu livro o teu trambolhão.

 

 

O dia para nós ficou marcado,

Certamente nunca te esquecerás do dia da apresentação.

 

O dia pareceu encomendado,

Mas foste tu quem não teve cuidado,

Pois como diz o ditado:

És só tu e a chuva miudinha,

Na estrada são um perigo do C#$%##o.”

 

O meu livro encontra-se à venda no Sitio do Livro.pt

http://www.sitiodolivro.pt/pt/livro/chuva-miudinha/9789892030203/

 

Beijinhos e abraços e essas coisas todas.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s