Arquivos Diários: 23/03/2012

A apologia do silêncio – Excerto

 Tinta preta   Seca-me a boca De tanto silêncio, De tantos gritos que ficaram Entalados na garganta.   Bebo um copo de água, A expressão inalterada Da máquina perfeita, Da máquina que cumpre, Que ri quando apropriado, Na mordaz sensatez … Continuar a ler

Nota | Publicado em por | Publicar um comentário