Porquê auto-publicar?

Alguns dias atrás, prometi escrever sobre as razões que me levaram a auto-publicar (ou auto-editar, se preferirem) Era uma Vez uma Casa com o Sítio do Livro. O que prometo, cumpro sempre, por isso, aqui vão as minhas reflexões sobre o assunto, fruto da minha própria experiência.
Comecei por publicar “tradicionalmente” com pequenas ou médias casas de edição, e a dos três livros em francês publicados em Paris ainda só recebi os direitos de autor dos anos 2009 e nem sequer respondem às minhas cartas. Do CD-Rom publicado em Lisboa, também só recebi os primeiros direitos de autor; os seguintes, embora soubesse a quanto se elevavam, nunca lhes vi a cor… desculpas e mais desculpas.
Como muitos outros autores que não são “celebridades” políticas nem do pequeno-écrã, nem jornalistas nem amigos ou amigos dos amigos, mas sim cidadãos desconhecidos, claro que as grandes editoras nem sequer se dão ao trabalho de ler as nossas cartas e somos logo recusados. Curiosamente, apesar de não aceitarem as nossas obras, depois vão utilisá-las parcialmente nos cadernos pedagógicos que publicam… mas isso é outra estória…
A culpa é de todos nós, na realidade, pois mal sai um livro de uma dessas “celebridades” (muitas das vezes nem sequer escrito pelas mesmas e até mesmo de má qualidade literária e de conteúdo), vamos logo comprar porque é “de bom tom” tê-lo… na prateleira.
Considerando, pois, todos estes factos e tendo tomado conhecimento do impacto que estavam a ter os livros electrónicos, decidi um dia auto-publicar assim um dos meus livros. O resultado foi muito favorável, posso  consultar semanalmente as minhas vendas e recebo com regularidade mensal os meus direitos de autor. Dos 9 livros assim publicados, cinco estão praticamente desde os primeiros dias nos TOP 100 das vendas na Amazon.com, às vezes também por períodos na Amazon.co.uk, e pelo Natal tive ainda os livros em inglês e alemão da peça do Pai Natal.
Tendo descoberto, entretanto, que o Sítio do Livro publica livros em papel dentro dos mesmos moldes e com as mesmas vantagens que a Amazon, e que tenciona estender essas condições, no futuro, também aos livros electrónicos, não hesitei em tentar esta experiência e espero não me desiludir.
Desejo a todos(as) o maior êxito na vossa carreira literária e aproveito para vos convidar a visitar o meu sítio pessoal www.dulcerodrigues.info e, porque não, também o infanto-juvenil www.barry4kids.net acompanhados de filhos ou netos.
Dulce Rodrigues

Sobre dulcerodrigues

I was born in Lisbon, but wound up living in other countries around Europe. I'm the proud mother of twin sons, and the happy grandmother of two sweet little girls. I was awarded literary prizes in the US and in Europe, and in addition to writing, I enjoy travelling, gardening, photography, music, and pets - the source of inspiration for most of my children's books and plays, and for the website in four languages www.barry4kids.net I created specially for children around the world to learn with fun. I also have a passion for History and for all forms of Art that transmit Beauty, and I belong to cultural associations in Portugal and in other countries. Please visit me at www.dulcerodrigues.info.
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.