Arquivos Diários: 03/03/2011

Vi o mar, mas não olhei, fugiam-me as ondas, tristes, sorumbáticas, sem a cor do sal, eram apenas o degredo da minha alma que de mim fugia… José Guerra

| Publicar um comentário