Poema inédito de Filipe de Fiúza incluído na Blue Desert Tower de Ongakuaw

Um poema inédito de Filipe de Fiúza foi incluído na instalação sonora do artista italiano Ongakuaw apresentada no Festival da Criatividade 2010 que decorre de 1 a 21 de Outubro em Florença, Itália.

A Blue Desert Tower é uma instalação sonora interactiva em que uma torre, um ícone de poder, está incompleta e transparente sobre um deserto de areia azul em forma de Europa cercado de barreiras intransponíveis de arame farpado. Do interior da torre vem a sequência sonora de 23 língua europeias, na qual o poema de Filipe de Fiúza na sua própria voz representa a Língua Portuguesa, organizada numa viagem imaginária que começa em Malta (ponto de referência da bússula) rodando em volta apontando para todos os países da Europa. A textura sonora descasca quando o visitante se aproxima migrando no mapa produzindo uma sonoridade magmática que refere uma Babel talvez a chegar em breve.

Um agradecimento especial a Ongakuaw.

O poema inédito faz parte de um novo trabalho poético do autor a publicar em livro futuramente.

Sobre filipedefiuza

Poeta Filantropo / Philanthropist Poet
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.