SOPHIA DE MELLO BREYNER ANDRESEN – Pranto pelo Dia de Hoje

SOPHIA DE MELLO BREYNER

Sophia de Mello Breyner Andresen (Porto, Portugal, 1919 – Lisboa, Portugal, 2004) é uma das poetisas e escritoras mais importantes da Literatura Portuguesa.

Autora de uma vasta e diversificada obra que inclui poesia, conto, teatro, ensaio e histórias para crianças, notabilizou-se também na tradução de Shakespeare, Dante, Eurípedes, Claudel.

É nos quatro elementos essenciais – terra, água, ar e fogo – que Sophia procura não só a beleza poética, mas a evocação dos objectos, dos seres, dos tempos, dos mares, dos dias.

A sua obra, várias vezes premiada, está traduzida em várias línguas.

Palavras de Sophia de Mello Breyner Andresen: “As coisas que passam ficam para sempre numa história exacta.”

         Pranto pelo Dia de Hoje

Nunca choraremos bastante quando vemos
O gesto criador ser impedido
Nunca choraremos bastante quando vemos
Que quem ousa lutar é destruído

Por troças por insídias por venenos
E por outras maneiras que sabemos
Tão sábias tão subtis e tão peritas
Que nem podem sequer ser bem descritas

Sophia de Mello Breyner Andresen, in “Livro Sexto”

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.