Arquivos Diários: 02/04/2015

AL BERTO – Mais Nada se Move em Cima do Papel

Al Berto (Coimbra, Portugal, 1948 – Lisboa, Portugal, 1997) Palavras de Al Berto: “A eternidade não é lerem-me dentro de 50 ou 60 anos ou ficar na história da literatura portuguesa. Só espero que meia dúzia de doidos me leiam … Continuar a ler

| 2 Comentários