Bom motivo para respeitar as crenças dos outros

 Vender um livro é vender informação. A informação não passa de crenças.
 A partir do momento que o outro tem noção das tuas crenças pode ficar mais esperto do que tu, pelo que é um risco. Em economia, o risco é uma constante. Mesmo que estejas a tentar convencer seja quem for, o que estás a transmitir são crenças a essa pessoa ou conjunto de pessoas.
 Como sabes se o outro é mais esperto do que tu?
 Como fazia entender aquele especialista em realidade difusa do cinema: a informação pode indiciar que muitas noções entre elas construtivo, destrutivo, evolutivo e retrogrado se tornem difusas. Cada um dá um significado às suas noções difusas.
 Se todos fossemos iguais, então haveria uma morte térmica da informação? O infinito engana.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Opiniões com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s