Arquivos Diários: 12/11/2012

A VITALIDADE DE UMA NAÇÃO

Uma nação vive, próspera, é respeitada, não pelo seu corpo diplomático, não pelo seu aparato de secretarias, não pelas recepções oficiais, não pelos banquetes cerimoniosos de camarilhas: isto nada vale, nada constrói, nada sustenta; isto faz reduzir as comendas e … Continuar a ler

| Publicar um comentário