Sou Alma , sou flor, sou vento

Deixo-vos o primeiro  dos poemas que compõe o livro VersejAndo pelos caminhos da Alma: já à venda aqui, no sítio do livro

No peito guardo a lembrança
do mundo que nunca vi
dessa mágoa tão profunda
dum amor que não vivi

Caminho por entres as águas
profundas da sollidão
no cabelo guardo o toque
do calor da tua mão

sou alma, sou flor, sou vento
sou canção, sou pensamento
sou lembrança de um momento
sou palavra , sou tormento

Na varanda espero a noite
que me enche de saudade
Não quero mais lembrar o tempo
em que vesti a vaidade

este amor de capa e espada
que rasga restos de mim
preenche todas as horas
transforma-me em arlequim

perdida em sons do momento
faço deles minha história
perco a noção do caminho
vivo envolta na memória

sou alma, sou flor, sou vento
sou canção, sou pensamento
sou lembrança de um momento
sou palavra , sou tormento

 

Sobre Lou Alma

sou alma turbolenta, incapaz de sossego, as palavras são a paz que procuro entre silêncios e mágoas e pedaços coloridos de felicidade. Sou mulher criança em eterna brincadeira, bafejada pela sorte das terras quentes e suadas.
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s