Aquivos por Autor: jacques miranda

Sobre jacques miranda

Jacques Miranda é professor universitário, palestrante, empresário e escritor.

Anota a nota

Publicado originalmente em Jacques Miranda:
  – Oito, professor? O senhor me deu oito? Não acredito! Qual o critério? – disse a aluna irritadíssima e complementou: – porque oito?Com o olhar terno e quase fúnebre eu verbalizei cal-ma-men-te:– Não sei…

| Publicar um comentário

Mulher tudo (homenagem ao Dia Internacional da Mulher)

Raramente ele se atrasava. Ela também. Não havia trânsito, chuva, greve de ônibus, nada. Dezoito horas e quarenta e cinco minutos estava em casa. Mesa pronta e caprichada; toalha xadrez azul – uma toalha de tecido. Copos simples, aqueles americanos … Continuar a ler

| Publicar um comentário

Honrando o primeiro passo

Publicado originalmente em Jacques Miranda:
Tem aquele provérbio chinês que diz que uma longa caminhada começa sempre com o primeiro passo. Esta, aliás, é a primeira frase que coloco na lousa quando inicio um módulo de aulas – é um…

| 1 Comentário

Terça-feira (poema)

Publicado originalmente em Jacques Miranda:
Hoje é dia de produção, O regime de ontem está firme como sabão, É momento de perceber que o nosso esforço não foi em vão, Logo, logo, entenderemos que nossa iniciativa foi uma grande opção.…

| Publicar um comentário

Domigo (poema)

Publicado originalmente em Jacques Miranda:
To me sentindo uma colmeia, Sem abelha nem ideia, Um ator sem plateia, Um lobo sem alcateia. To me sentindo gente, Como uma criança inocente, Como um idoso quando não está doente, Ou um palhaco…

| Publicar um comentário

Publicado originalmente em Jacques Miranda:
Não quero falar de morte, de tragédia, de queimados, de mutilados. Não busco falar de presos, de culpados, de sobreviventes, de doentes. Não me presto em falar das várias famílias ceifadas do sonho de presenciar…

| 2 Comentários

Nem verdade, nem coragem

Na primeira fileira do avião lá estava ele e não tinha quem não olhasse. Devidamente alinhado na poltrona com as suas duas pequenas mãos sobre os joelhos, trajando um shortinho azul, camiseta branca e um colete, sem lembrar de um … Continuar a ler

| Publicar um comentário