Ainda outro recente poema: «Lágrima»

Outro recente poema de nossa autoria, respigado da nossa página de Facebook:

LÁGRIMA

Lágrima
Que, rolando de dor,
Vem prematuramente sulcar meu rosto;
Porém, é mais forte o desgosto
Por me não dares teu amor!

Lágrima
Que se despenha
Do desfiladeiro dos meus olhos,
Carpindo da vida os abrolhos
Em razão daquela que me desdenha!

Lágrima
Prova viva do meu desencanto,
Certeza magoada de vida em desalento,
Dum presente em constante lamento,
Dura expressão do meu triste pranto!

Lágrima
Por ti derramada,
Por ti caída,
Por ti vencida,
Por ti… desprezada!

(22-XII-2013)

Diogo Figueiredo P. D. Ferreira

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s