Arquivos Diários: 18/10/2013

Um ramo de rosas pela alma de alguém que partiu

À memória da minha querida amiga, Snr.ª D. Carolina   Tem singulares acasos, a vida! Ora nos oferta a mais fúlgida alegria, capaz de, com sua radiosidade, doirar nossa face até então emurchecida, ora nos assesta, de chofre, um golpe … Continuar a ler

| Publicar um comentário